Viana - Espirito Santo
 
Semi-Reboque Boiadeiro
CHASSI
Constituído de longarinas tipo “I”, somente na região da suspensão. Construído em chapa de aço estrutural de alta resistência, dimensionadas para atender as solicitações estáticas e dinâmicas.
 
SUSPENSÃO
A Guerra desenvolveu uma nova suspensão pneumática reduzindo o número de componentes, tornando-a mais leve e resistente, reduzindo o tempo de inatividade numa eventual manutenção.
 
INSTALAÇÃO A AR
É um sistema composto por: reservatório de ar, engate rápido, válvula de distribuição (emergência), válvula de descarga rápida, caixa de comando das válvulas de desfrenagem e freio de estacionamento (spring brake). A tubulação é montada com proteção anti-fricção. No semi-reboque Boiadeiro Guerra é utilizada a válvula RE12 que tem como função proporcionar uma frenagem segura e suave.
 
PINTURA
A superfície é tratada com jato de granalha, considerado mais ecológico que o tradicional método por desengraxantes, proporciona uma excelente ancoragem da tinta e uma perfeita desoxidação do chassi, que somada a tinta a pó, formam uma pintura de alta performance.
A tinta a pó é orgânica - isenta de metais pesados na sua composição - sendo uma tecnologia limpa que não gera impactos ao meio ambiente e a perda no processo é de apenas 0,2%, ou seja, um aproveitamento de 99,8% da matéria-prima. O resultado é uma pintura homogênea e com maior resistência.
Por fim uma estufa de 220º Celsius promove a fusão da tinta para o perfeito acabamento do produto.

 
SISTEMA ELÉTRICO
Dotado de um circuito elétrico padronizado com sistema de sinalização nacional conforme a Resolução n° 680/87 do CONTRAN.
O sistema de sinalização é composto por: lanternas traseiras seladas, fixados ao chassi sob coxins que amortecem vibrações e aumentam a vida útil das lâmpadas, há a opção do uso de LED nestas sinaleiras. As lanternas laterais possuem retro refletor incorporado à lente.

 
FREIOS
A ar comprimido de 16,5”x8” ou 15”x8?” sistema “S” came, tubeless padrão Guerra dotado de câmara de freio que converte a energia do ar comprimido em força mecânica, e alavanca ajustadora que converte esta força em torque. O eixo é equipado com câmaras de freio Spring Brake atendendo a resolução 777/93.
 
CAIXA DE CARGA
Caixa de carga em estrutura metálica fechada com laterais em polímero Tecno 5, com três compartimentos para divisão dos animais, portas elevadiças com abertura manual através de roldanas, trilho passadiço superior removível, escadas na frontal e na lateral do implemento, assoalho em compensado de 25mm de espessura com a superfície resinada.
Caixa de carga em sistema autoportante, com porta estepe tipo cesto.

 
CONFIGURAÇÃO PADRÃO DE BASE
Aparelho de levante mecânico;
Aro 22”;
Chassi construído em aço estrutural, com longarinas em secção “I” Cubo de roda modelo raiado;
Freio com ar comprimido 15x8?” conforme Resolução 777/93;
Ganchos para corda;
Gancho rebocador na traseira;
Instalação elétrica conforme norma CNT;
Pára-lamas de polietileno com pára-barro de borracha;
Pino rei universal com porca castelo Ø 2”
Porta estepe tipo cesto;
Suspensão pneumática;
Configuração Padrão da Caixa de Carga
Assoalho em compensado 25 mm com superfície resinada;
Três compartimentos separados por duas portas elevadiças;
Laterais inferiores em polímero tecno 5;
Três trilhos passadiços superiores removíveis;
Escada lateral e na frontal;

 
OPCIONAIS
Alavanca ajustadora do freio automática;
Aro 20”;
Reservatório plástico para água e sabão;
Assoalho chapa xadrez 3,00mm;
Assoalho chapa xadrez 4,75mm;
Caixa de ferramentas;
Cubo de roda modelo disco;
Freio ABS;
Freio com ar comprimido 16,5x8” conforme Resolução 777/93;
Roda de alumínio;
Sistema elétrico internacional;
Grade metálica antiderrapante sobre o assoalho;
Levante hidropneumático;

 
 
 
|   Home   |   A Empresa   |   Atendimento  Produtos  |   Serviços  |   Produtos GUERRA  |   Contatos  | |   Web Mail 
© Direitos Reservados - RODOPAZ Implementos Rodoviários - AutoGuiaBR
Este Site Faz Parte do: